Capas para Facebook

Adicionar artigo ao twitter

Santo do dia 21 de Setembro




Santo do dia 21/09

S. Mateus

São Mateus foi coletor de impostos, Apóstolo e Evangelista. Mateus deixa o dinheiro para seguir Jesus. O Evangelho a ele atribuído nos fala mais amplamente que os outros três do uso certo do dinheiro: "Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a traça e o caruncho os destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam, mas ajuntai para vós tesouros nos céus." Não podeis servir a Deus e ao dinheiro.

Mateus o rico coletor, respondeu ao chamado de Jesus com entusiasmo. No seu Evangelho ele esconde humildemente este particular, mas a informação foi divulgada por Lucas: Levi preparou ao Mestre uma grande festa na própria casa; numerosa multidão de publicanos e outra gente sentavam-se a mesa com eles. "Depois, no silêncio e com discrição, livrou-se do dinheiro, fazendo o bem. É dele de fato que nos refere a admoestação do Mestre: "Quando deres esmola, não saiba a tua esquerda o que faz a tua direita, para que a tua esmola fique em segredo; e teu Pai, que vê o que está oculto, te recompensará." Quando os outros Evangelistas, Marcos e Lucas falam do episódio do coletor de impostos chamado a seguir Jesus, falam de Levi. Mateus ao contrário prefere denominar-se com o nome mais conhecido de Mateus e usa o apelido de publicano, que sua como usuário ou avarento, "para demonstrar aos leitores - observa São Jerônimo - que ninguém deve desesperar da salvação, se houver conversão para vida melhor."

Da atividade de Mateus após o Pentecostes, conhecemos somente seu admirável Evangelho, dirigido particularmente aos judeus e que é caracterizado por cinco grandes discursos de Jesus sobre o reino de Deus. São Mateus foi martirizado na Etiópia, e suas relíquias permanecem e são honradas até hoje em Salerno.
 

Santa Efigênia

Hoje também nossa Igreja comemora o dia de Santa Efigênia que segundo historiadores, Santa Efigênia foi filha de Eglipo, rei da Etiópia e da rainha Ifianassa. Segundo consta, esta ilustre familia real foi convertida pelo Apóstolo Mateus e quando o rei Eglipo morreu, o prícipe reinante quis casar-se com Efigênia, que recusou tal pedido por desejar entregar-se inteiramente a Deus.

O príncipe inconformado, solicitou que São Mateus intercedesse junto à princesa para que reconsiderasse o seu pedido de casamento, no que o apóstolo recusou-se terminantemente a fazer. E não só isso. Numa grande solenidade, consagrou Efigênia, juntamente com suas companheiras a Deus. O príncipe indignado mandou executar São Mateus. O Martirológio refere-se a ela dizendo: Na Etiópia, Santa Efigênia, virgem, batizada e consagrada a Deus pelo bem-aventurado Mateus, Apóstolo, acabou santamente os seus dias.

Efigênia entristecida com o mártirio de São Mateus, vendeu todos os seus bens e mandou construir um suntuoso templo em honra do Apóstolo.

Senhor, a exemplo de Santa Efigênia, concedei-nos a graça de testemunhar o vosso amor por nós nas coisas mais simples de nosso dia-a-dia ou quando nossa fé for provada pelas adversidades, pela dor e sofrimento. Amém.