Capas para Facebook

Gostou?

Sim
1

Não
6

Piada de Perdi o meu tempo


Um poderoso empresário tinha um único filho e queria lhe dar tudo o que quisesse, pois tinha condições suficientes para isso.
Quando o filho completou 05 anos o pai perguntou:
- Meu filho, o que você quer de presente? Peça o que quiser que eu mandarei comprar!
- Pai. Eu quero duas bolinhas de ping-pong amarelas!
O pai estranhou o pedido, mas mandou providenciar.
Quando o filho completou 06 anos o pai fez a mesma pergunta e o filho respondeu:
- Desta vez eu quero três bolinhas de pig-pong amarelas.
O pai, não querendo contrariar o filho, mandou comprar.
No entanto nos anos que se seguiram, o filho sempre pedia as ditas bolinhas amarelas, e o pai começou a ficar intrigado com aquilo.
Pensou ele:
- O que esse garoto quer com essas bolinhas? Por que ele não pede outra coisa?
O menino foi crescendo, mudando e quando questionado sobre o presente, escolhia sempre o mesmo. As tais bolinhas de ping-pong amarelas.
Quando se formou no segundo grau, já um rapaz, seu pai perguntou o que ele queria de presente, e diante da resposta, adivinhem, começou a questionar o filho:
- Meu filho, você já está um rapaz! Que diabos quer com essas bolinhas???? Pare com isso, peça outra coisa!!!
O filho respondeu:
- Meu pai. Sei que suas intenções são as melhores!! E que poderia me dar o que eu quisesse! Mas respeite o meu desejo.Logo o senhor saberá o motivo dos meus pedidos!
E assim, anos após anos, o filho pedia as tais bolinhas amarelas...
No dia da sua formatura, ele pediu que seu pai lhe desse uma caixa, de 9m2, com compartimentos individuais, para que pudesse organizar as bolinhas de ping-pong amarelas, que ganhara durante a sua vida, com a promessa de que no final da festa, revelaria a seu pai o motivo daqueles estranhos pedidos.
Terminada a festa, todos os convidados haviam ido embora e o motorista aguardava na limusine, em frente ao clube.
Pai e filho entraram no veículo e estavam indo para casa quando o pai perguntou:
- E então meu filho! Qual o motivo de querer essas bolinhas durante todos esses anos, e agora, no dia da sua formatura, querer essa caixa estranha para guardá-las???
E o filho respondeu:
- Claro pai. Vou lhe contar o motivo. Eu sempre pedi essas bolinhas amarelas porque!!!
Nesse momento, a curiosidade tomou conta também do motorista, que acompanhara a trajetória do rapaz desde que era ainda um menino... Virou para trás para ouvir o que o jovem ia dizer e não percebeu o caminhão que vinha em sentido contrário, invadindo a sua pista...
O acidente foi fatal... Uma violenta colisão frontal que vitimou os três ocupantes da limusine... Antes mesmo que o rapaz pudesse revelar ao seu pai o que ele queria com as tais bolinhas amarelas.
E assim terminou a estória...
Observação: Desculpe pessoal. Eu também fiquei sem saber o motivo e o final da estória...
Mas.... Faz parte... Não é mesmo? He! He! He! He!

Voto: 2.4/5 (7 pessoas votaram)



Adicionar artigo ao twitter



 
Comentários
Seja o primeiro a comentar
 

Comente sobre esta piada:

Expresse sua opinião, sempre com o bom vocabulário, lembrando que crianças também vão ler esta mensagem.
Nome:

E-mail:

Comentário:

Limite: 300 • Restantes: 300

* Comentário ofensivo será apagado.
Digite os caracteres da imagem: